going-beyond-competition.jpg

Na manhã seguinte Elcana e a sua família se levantaram cedo e adoraram a Deus, o Senhor. Aí voltaram para casa, … e o Senhor respondeu à oração dela. 1Samuel 1:19

O poder de ir um pouco mais. Entende-se que a festa anual citada nesse texto era a Páscoa, que acontece por um dia todo ano. Elcana e sua família, depois de cumprirem o sacrifício, ainda levantaram cedo no dia seguinte e adoraram o Senhor antes de voltar pra casa, incluindo Ana. Ela já tinha orado, adorado, clamado e até recebido a bênção do sacerdote, mas ainda participou da próxima oportunidade de adorar o Senhor. Não é atoa que o Senhor ouviu sua oração e a colocou no enredo da história de Deus na terra.

Há uns anos atrás, em um congresso muito especial, durante o intervalo depois do almoço, uns irmãos no elevador tão felizes perguntaram um outro irmão que horas ele voltaria para a reunião da noite. Ele disse: “Não vou, não. Deus já falou comigo. Já recebi unção. O que vou fazer com unção dobrada!” Para mim, isso é quase blasfêmia!!!! Muitos de nós só vamos um pouco mais além, se há um interesse de ganho pessoal. Ah eu já orei, então não preciso ir mais não! Ah eu já ouvi a pregação do pastor fulano na internet, então não preciso ir na igreja hoje mais não! Ah Deus já falou comigo hoje no culto, então posso sair cedo da reunião! E para nós de muito tempo de igreja, fica mais fácil perder o primeiro temor e amor de comunhão.

O ir um pouco mais demonstra para Deus que reconhecemos que todas as coisas vêm dEle, são por Ele, para Ele, e que na verdade amamos simplesmente estar com Ele, nos Seus átrios e com Sua família.

Ana era assim. Mesmo que ela tenha ficado com seu filho Samuel somente até desmamar e depois o entregou ao Senhor no templo, imagino que ela ensinou tudo que sabia de Deus ali baixinho no pé do seu ouvidinho. Será que isso ajudou Samuel ouvir a voz audível de Deus, mesmo criança? Sua mãe, seu pai, e toda sua família estavam acostumados “irem um pouco mais”.

Advertisements