Esta semana os EUA novamente sofreram a tragédia de bombas matando e ferindo dezenas de pessoas inocentes. E mais uma vez alguém questiona: onde estava Deus em tudo isto? Já que Deus é amor, por que Ele não impediu aqueles rapazes de infrigerem tanto mal? Deus poderia muito bem ter causado um curto circuito no corpo daqueles 2 jovens em Boston e não conseguirem ativar as bombas, certo?

Vamos meditar em algumas verdades. Não podemos simplesmente dizer que Deus tem um propósito para tudo, principalmente quando o mal acontece, porque o Seu desejo é que “todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade”, 1 Tim 2:4.

Não podemos também dizer que Deus está no controle pois “sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno”, 1 João 5:18-21.

A razão verdadeira das tragédias, que irão somente aumentar até tudo começar a melhorar com o retorno do Rei, está bem clara logo depois do verso que é a chave de entender toda a Bíblia, “porque Deus amou tanto o mundo”…

“Esta é a situação: a luz de Deus invadiu o mundo, mas a humanidade inteira correu para as trevas. Fugiram porque não estavam interessados em agradar a Deus. Aquele que pratica o mal é viciado em negar a realidade e iludir-se e odeia a luz de Deus e não vai querer se aproximar dela, para não ser submetido a uma exposição dolorosa. ” João 3:19-20 (Mensagem)

Sim, Deus é poderoso para fazer toda e qualquer coisa, mas exatamente por amar a humanidade Ele nos deu uma característica que nos diferencia dos animais, o poder de decisão, o livre arbítrio. Feitos a imagem de Deus, Ele nos deu a liberdade de decidir como vamos agir e nos deu a abilidade de fazer escolhas morais.

Ele poderia ter impedido aqueles 2 jovens irmãos de fazerem suas próprias vontades. Mas para ser justo, Deus também teria que fazer isto com todos nós. Podemos não ser terroristas, mas todos nós já machucamos alguém com ações e palavras e já fizemos alguém chorar com as nossas decisões egoístas.

4668

Advertisements