Lembra da promessa que fizeste a mim,
este teu servo,
a promessa que tem sido
a minha esperança.

No sofrimento, eu fui consolado
porque a tua palavra me deu vida.

Os orgulhosos estão sempre
zombando de mim,
mas eu não tenho me afastado da tua lei.

Eu lembro dos teus julgamentos
do passado,
e eles me confortam, ó Senhor.

Fico muito revoltado
quando vejo os maus quebrando a tua lei.

Na minha curta vida aqui na terra,
faço canções
sobre os teus mandamentos.

De noite, eu penso em ti,
ó Senhor Deus,
e medito na tua lei.

O meu dever nesta vida é este:
obedecer aos teus mandamentos. (Salmos 119:49-56 NTLH)

Advertisements