Chegamos ao fim de nosso mês primícia do ano ao Senhor em oraçāo com toda a igreja todos os dias de janeiro. Foi uma delícia! E nos comprometemos de fazer uma jornada de leitura de toda Bíblia juntos. Vai ser um ano mesmo cheio do conhecimento do Senhor.

E nesses dias reflito num verso que creio se tornará mais real nos últimos dias da Igreja do Senhor na terra, que está em Êxodo 9:16:

“Mas eu o mantive de pé exatamente com este propósito: mostrar-lhe o meu poder e fazer que o meu nome seja proclamado em toda a terra.”

Esta passagem fala de quando Deus falou a Moisés sobre o que dizer a Faraó, pois seu coraçāo ainda estava endurecido e o povo de Deus ainda não podia sair do Egíto e ir para a terra prometida. Vamos lembrar que durante todo o tempo que Deus mandava as pragas, Ele mesmo também criava um escape de proteção para Seu povo e mostrava claramente a diferença de quem era hebreu e quem era egipcio.

Quantas vezes clamamos a Deus para sair de uma situaçāo difícil, até usando o argumento de que Deus é pai, e vemos que a oraçāo nāo é respondida ou muito tempo passa antes de chegar a soluçāo. Sim, Deus é Pai e também Soberano. Ele é o começo e o fim. Ele sabe de tudo. E muitas vezes Ele quer usar situações que podem nos trazer profundos prejuízos com um propôsito bem claro, que o poder dEle seja conhecido e Seu Nome possa ser proclamado em toda terra.

O interessante é que a palavra foi para o Faraó. Deus pode usar momentos de tribulaçāo na minha vida para ser de testemunho, não para mim que já experimentei do poder e amor do Senhor, mas tāo somente para uma pessoa que nunca vou conhecer, do outro lado da terra. E com o mundo conectado de hoje, isso é a coisa mais facíl de acontecer.

Ah, mas como somos tentandos a fugir do plano de Deus! Queremos viver em prosperidade em todas as áreas, baseado mais em padrões do mundo do que ao modelo bíblico. Mudamos de trabalho, de cidade, de igreja, de marido/esposa, de tudo e de todos que não concordamos ou que não nos é conviniente mais. Muitos dizem que um desviado é aquele que está em pecado e não mais anda com o Senhor. Eu já digo que é aquele que se desviou do propósito e plano de Deus específicos para sua vida, mesmo estando dentro da igreja.

Precisamos muito rever a nossa teologia de sofrimento. Jesus pagou o preço por nossas vidas e agora Ele é o nosso Senhor. Ele nos mantém neste mundo jaz no maligno para um propósito específico. Sendo nós não mais de nós mesmos, não podemos correr disto. Que o poder dEle seja conhecido e Seu Nome seja proclamado em toda terra!

Advertisements